PT | EN

iA


Sê tudo o que podes ser – Be all you can be

by Luiza Azancot. Average Reading Time: almost 3 minutes.

“Sê tudo o que podes ser” é uma ideia muito atractiva. Aliás foi usada durante muitos anos como slogan de recrutamento no exército dos Estados Unidos exactamente porque faz sonhar, desejar uma vida cheia de potencialidadesrealizadas. Quem é que não quer ser capaz de usar ao máximo os seus talentos? Hoje o Sol entra no signo de Gémeos, o meu signo, e com a versatilidade que ele me confere, deixei os militares e lembrei-me deste poster de Peter Max (1969), artista pop, da era dos “hippies”. Além do slogan, acrescenta “ler”.  Peter Max Ler, recolher informação, adquirir conhecimentos, estimulação mental são as necessidades arquetipais do signo de Gémeos. Por isso é que gosto muito deste poster. Ler é necessário para eu atingir o meu máximo. Mas Gémeos é só 1/12 do zodíaco e, para sermos tudo o que podemos ser, temos de viver também os outros signos. A carta do céu é uma mandala, um círculo, um todo. Os 360° do zodíaco estão divididos em doze de forma proporcional nesta imagem, mas em termos psicológicos, os signos têm peso e importância diferentes consoante o tema de cada um. Para sermos TUDO o que podemos ser, temos de encontrar expressão na nossa vida para as necessidades e características de TODOS os signos no peso e medida de cada um. Mandala E é aí que as dificuldades começam. As necessidades e as características do nosso signo solar, salvo raras excepções, são facilmente acessíveis. As dos outros signos, sobretudo daqueles incompatíveis com a parte mais consciente da nossa personalidade, vão requerer trabalho… E, ainda há mais um truque – todas as energias do zodíaco existem num continuum , podendo portanto ser expressas de forma positiva ou negativa. Na frase “Sê tudo o que podes ser” está implícita a forma positiva. Aqui ficam reflexões sobre algumas zonas cinzentas de cada signo:

Carneiro – quando é que a assertividade, a capacidade de ser autónomo, é levada ao rubro e transforma-se em agressividade?

Touro – quando é que a calma, a estabilidade, a persistência se tornam em teimosia e recusa em aceitar mudanças?

Gémeos- quando é que a versatilidade, a capacidade para ser polivalente escorregam para diletantismo e incapacidade para ser mestre numa especialidade?

Caranguejo – quando é que ser carinhoso, protector, maternal se transforma  em dependência ou sentimentalismo pegajoso?

Leão – quando é que a confiança e auto- estima passam a ser arrogância, prepotência e narcisismo?

Virgem – quando é que ser útil ao próximo e analiticamente crítico se torna em meter-se onde não é chamado e ser coca-bichinhos?

Balança – quando é que as boas maneiras e o desejo de tomar a decisão justa se confundem com superficialidade e indecisão?

Escorpião – quando é que a intensidade e a paixão viram manipulação e obsessão?

Sagitário – quando é que a procura da verdade e o optimismo nos levam à demagogia e a ignorar riscos.

Capricórnio – quando é que a busca da perfeição e a capacidade para ser disciplinado se tornam em excessiva estrutura e controle ditatorial.

Aquário – quando é que o desejo de inovação e libertação se ficam pela inconvencionalidade e distanciamento emocional?

Peixes – quando é que a imaginação, a necessidade de transcender o mundo material se revelam como confusão mental e escapismo perante as realidades da vida terrena?

———————————————————————————————————————————– Neste mês cultivem a energia geminiana. LEIAM! Read

2 comments on ‘Sê tudo o que podes ser – Be all you can be’

  1. Lela Pontes diz:

    Muito bom Luiza, gostei.
    Beijinho grande, e então estamos de parabéns um dia destes ….
    Lela

  2. pedro amado Gomes diz:

    Adorei Luiza. Uma informação de extrema importância e muito valiosa para cada pessoa.
    Um beijinho
    Até já

Leave a Reply